quarta-feira, 29 de março de 2017

Sobe para quatro o número de mortos confirmados por Febre Amarela no Pará



Foi conformada mais duas mortes pela doença no oeste do Pará
Foto: Ilustração/HRBA
A Secretaria de Estado de Saúde do Pará (Sespa) confirmou na tarde desta terça-feira (28), mais duas mortes por febre amarela no estado, as vítimas eram da zona rural de Alenquer, oeste do Pará, trata-se de uma criança de 10 anos e um jovem de 23 anos, eles estavam internados no Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA). O Instituto Evandro Chagas (IEC) estava acompanhado os dois casos.

Segundo a Sespa, até o momento, já são quatro casos confirmadas de morte por febre amarela no Pará. O primeiro caso foi de uma criança de 11 anos, que também era da zona rural de Alenquer. A segunda morte confirmada foi de um rapaz de 27 anos que morava no município de Monte Alegre, o caso já estava sendo investigado a cerca de um mês pelo Instituto Evandro Chagas (IEC).


A Sespa informa que já recebeu do Ministério da Saúde cerca de quatro mil doses de vacina contra a febre amarela para o município de Curuá, oeste do Pará, como parte do plano emergencial de combate à doença, que vem sendo executado pelo governo do Estado. Na última segunda-feira (27), equipes de agentes de saúde do município estiveram nas localidades Açaizinho, Maloca e Fartura para aplicar a vacina. No domingo (26), as ações de combate à doença foram intensificadas com a chegada de profissionais de saúde do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, para ajudar na vacinação.

COMBATE AO MOSQUITO:

De acordo com a Sespa, o plano emergencial contra a febre amarela no oeste do Pará prossegue durante esta semana nos municípios de Rurópolis, Óbidos, Oriximiná, Curuá, Alenquer e Monte Alegre, localizados na área endêmica, onde foram registradas mortes de macacos neste ano.

Faz parte desse plano a cessão de um helicóptero do Estado e de um avião do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) para atender eventuais chamadas e urgências. O objetivo é garantir a vacina para as comunidades da zona rural, a fim de combater a febre amarela silvestre, transmitida pelo mosquito Aedes Aegipty, o mesmo transmissor da dengue, zika e febre chikungunya.
Compartilhar:

0 comentários:

Postar um comentário

NOTÍCIA DA SEMANA:

Suposta aparição de Nossa Senhora impressiona moradores de Oriximiná, no PA

Foto: Reprodução/Redes Sociais Um brilho no céu em formato de Nossa Senhora movimentou o município de Oriximiná, no oeste do Pará...

PABLO VASTEI FOTOGRAFIAS

PUBLICIDADE:


PUBLICIDADE:

PUBLICIDADE:

Arquivo do blog

Solidariedade:

ACOMPANHE: