sexta-feira, 28 de abril de 2017

Greve geral mobiliza milhares de pessoas em Santarém, no PA



A manifestação iniciou as 8 horas da manhã na Praça da Matriz, no centro.
Os manifestantes percorreram pelas ruas centrais da cidade
Milhares de pessoas foram as ruas do centro de Santarém, oeste do Pará, na manhã desta sexta-feira (28) em manifestação contraria às reformas trabalhistas e da previdência. Os manifestantes se concentraram na Praça da Matriz e seguiram em passeata pela Avenida Tapajós, sentido Praça Barão de Santarém, com cartazes, bandeiras, faixas e gritando palavras de ordem.

De acordo com o sindicato, além da pauta nacional também existe as demandas locais, são elas: aumento da passagem de ônibus, segurança e fiscalizações contra mototaxistas legalizados. Ainda de acordo com organizadores da manifestação, estima-se um público de 6 mil pessoa, já para a PM 2 mil pessoas participaram do ato público em Santarém.
Foto: Internauta/Divulgação via WhatsApp

Em Santarém, as entidades e grupos que participaram da manifestação foram: Sinprosan, Sintepp, STTR, Famcos, Incra, mototaxistas, bancários, urbanitários, Igreja Católica e estudantes.

A greve geral é nacional e acontece em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, a paralisação é contra a reforma da Previdência e as mudanças nas leis trabalhistas propostas pelo governo de Michel Temer. A reforma da Previdência ainda está em debate na comissão especial da Câmara dos Deputados. Já as mudanças nas leis trabalhistas avançaram, o plenário da Câmara aprovou a proposta na madrugada de quinta-feira (27) e agora o texto segue para o Senado.

ESCOLAS:

O Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Santarém anuncio a suspensão das aulas nesta sexta-feira (28), aderindo as manifestações na cidade. Na Rede Estadual de Ensino também não haverá aula.

Na rede particular as duas escolas que são mantidas pela Igreja Católica tomaram posições diferentes, no Colégio Dom Amando (CDA) a direção da instituição optou por manter as aulas, mas, dedicando o primeiro período para discussão sobre o tema. Já o Colégio Santa Clara (CSC) optou por suspender as aulas. No Colégio Batista de Santarém (CBS) as aulas também não foram suspensas, mas, os alunos e professores foram estimulados a comparecerem trajando roupas pretas, os alunos não saíram da área do colégio, haverá debate sobre o tema.

TRANSPORTE:

O transporte coletivo está funcionando normalmente em Santarém e região metropolitana, podendo haver uma paralisação de 1 hora em apoio a greve geral, mas, sem nada confirmado.

TRÂNSITO:

Por conta da manifestação na área central da cidade, algumas ruas foram interditadas. A Secretaria de Mobilidade e Trânsito de Santarém (SMT) está fazendo a orientação e controle do trafego de veículos nessas áreas.

ATENDIMENTO BANCÁRIO:

Os bancos privados Bradesco, Santander funcionaram normalmente, no Banco Itaú os funcionários estão trabalhando, mas, o sindicato não permitiu a entrada de clientes na agência.

Os bancos públicos Banpará, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Banco da Amazônia não paralisaram.

POLICIAMENTO:

A Polícia Militar está com policiamento ostensivo nas áreas onde estão acontecendo as manifestações para garantir a segurança e evitar confusões.

Em Santarém a manifestação é organizada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), igrejas, Sindicatos e movimentos estudantis.
Compartilhar:

0 comentários:

Postar um comentário

NOTÍCIA DA SEMANA:

Suposta aparição de Nossa Senhora impressiona moradores de Oriximiná, no PA

Foto: Reprodução/Redes Sociais Um brilho no céu em formato de Nossa Senhora movimentou o município de Oriximiná, no oeste do Pará...

PABLO VASTEI FOTOGRAFIAS

PUBLICIDADE:


PUBLICIDADE:

PUBLICIDADE:

Arquivo do blog

Solidariedade:

ACOMPANHE: