segunda-feira, 3 de julho de 2017

Um médico e duas mulheres são presos suspeitos de estupro de vulnerável em Santarém, no PA



A operação aconteceu nas primeiras horas desta segunda-feira
Uma operação coordenada pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (Deaca) prendeu na manhã desta segunda-feira (03) três pessoas suspeitas de estupro de vulnerável em Santarém, oeste do Pará. Entre os suspeitos presos estão o médico Álvaro Cardoso Magalhães e duas mulheres. O médico atuava no Hospital Municipal de Santarém (HSM) e foi preso em casa.
Álvaro Cardoso Magalhães | Foto: Reprodução/Facebook
A operação teve o apoio da Núcleo de Apoio a Investigação (NAI). Os presos foram encaminhados para a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (Deaca) na Unidade do Pro Paz, no bairro Aeroporto Velho, zona oeste de Santarém.

Segundo informações iniciais, as duas mulheres presas teriam colaborado de alguma forma no crime de estupro de venerável. Uma das mulheres presas é a mãe da vítima, que seria um bebê do sexo feminino, de apenas três meses de vida.

Segundo informações preliminares, a operação deve continuar e outros mandados de prisão devem ser cumpridos no município. A operação denominada “Anjo da Guarda” investiga casos são relacionados a abuso sexual de vulnerável, pedofilia e outros crimes de natureza sexual.

O caso estava sendo investigado há pelo menos duas semanas com auxílio do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI) da Polícia Civil.

A delegada da Deaca, Adriene Pessoa, informou à imprensa que vai ouvir os suspeitos e ao concluir os depoimentos vai falar sobre o caso.

Novas informações em instantes
Compartilhar:

0 comentários:

Postar um comentário

NOTÍCIA DA SEMANA:

Suposta aparição de Nossa Senhora impressiona moradores de Oriximiná, no PA

Foto: Reprodução/Redes Sociais Um brilho no céu em formato de Nossa Senhora movimentou o município de Oriximiná, no oeste do Pará...

PABLO VASTEI FOTOGRAFIAS

PUBLICIDADE:


PUBLICIDADE:

PUBLICIDADE:

Solidariedade:

ACOMPANHE: