sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Médico acusado de pedofilia e estupro deve prestar depoimento nesta sexta-feira em Santarém



Álvaro Cardoso Magalhães | Foto: Reprodução/Facebook
Está marcado para esta sexta-feira (18) uma audiência de instrução e julgamento do médico Álvaro Cardoso. Ele que foi preso durante a ‘Operação Anjo da Guarda’ deflagrada no dia 3 de julho em Santarém, o médico é acusado de crimes de pedofilia e estupro.


A audiência vai acontecer na 1ª Vara Criminal do Fórum de Santarém. O médico deve prestar depoimento ao juiz Alexandre Rizzi.

Além do médico, as mulheres envolvidas no caso também vão prestar depoimento na audiência. Testemunhas também deverão ser ouvidas. O processo corre em segredo de justiça.

O CASO:

Uma operação coordenada pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (Deaca) prendeu no dia 3 de julho três pessoas suspeitas de estupro de vulnerável em Santarém, oeste do Pará. Entre os suspeitos presos estão o médico Álvaro Cardoso Magalhães e duas mulheres. O médico atuava no Hospital Municipal de Santarém (HSM) e foi preso em casa.

De acordo com a denúncia, crianças eram abusadas sexualmente por Álvaro Cardoso e mais duas mulheres presas na operação. As vítimas eram duas crianças do sexo feminino, sendo uma de 3 meses e outra de quase 3 anos.

Os acusados também armazenavam e compartilhavam imagens das crianças de forma obscena. As imagens foram apreendidas na casa do médico.

Com informações do G1 Santarém e Região
Compartilhar:

0 comentários:

Postar um comentário

NOTÍCIA DA SEMANA:

Suposta aparição de Nossa Senhora impressiona moradores de Oriximiná, no PA

Foto: Reprodução/Redes Sociais Um brilho no céu em formato de Nossa Senhora movimentou o município de Oriximiná, no oeste do Pará...

PABLO VASTEI FOTOGRAFIAS

PUBLICIDADE:


PUBLICIDADE:

PUBLICIDADE:

Arquivo do blog

Solidariedade:

ACOMPANHE: